up

Os Vírus

Os vírus estão entre os menores agentes infecciosos de que se tem conhecimento, são constituídos de material genético não celulares que utilizam células vivas para sua replicação. O código genético dos vírus são envoltos por uma camada proteica denominada capsídeo. Alguns vírus podem conter ainda um revestimento de lipoproteína que envolve o capsídeo denominado envelope. O vírus se multiplicam, através da liberação do genoma da capa proteica, induzindo a célula do hospedeiro a produzir novas particulas reconstituídas de novos genomas.

CORONAVÍRUS

Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de Coronavírus (COVID-19). Os primeiros Coronavírus Humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito  como  coronavírus,  em decorrência do perfíl na microscopia.

virus

As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, estão ocorrendo.

Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção. É importante observar que a disseminação de pessoa para pessoa pode ocorrer de forma continuada.

O QUE VOCÊ DEVE FAZER

Monitorar os avisos e noticias de órgãos de saúde pública e fontes governamentais. Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Evitar tocar nos olhos, nariz e boca.
Usar luvas de proteção e máscaras em ambientes onde o risco de infecção foi confirmado. Cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
Ficar em casa quando estiver doente.

rec

Ação de Produtos Químicos Desinfetantes sobre Vírus

O mecanismo de ação de desinfetantes químicos sobre os vírus é diferente do que ocorre com as bactérias. Muitos estudos apontam que há dois fatores que são importantes para a avaliação do mecanismo de ação em vírus, que são: presença de lipídios e o tamanho do vírus. Os vírus envelopados (como o Coronavírus Humano), que possuem a camada externa lipídica são associados a alta degradação e suscetibilidade aos desinfetantes, em vírus não envelopados e de menores tamanhos é associada a resistência a agentes químicos lipofilicos.

O envelope da estrutura do vírus é formado por camadas lipídicas, o que permite a reação dos princípios ativos orgânicos com a estrutura, tornando o vírus envelopado mais suscetivel à penetração de produtos desinfetantes em relação aos não-envelopados.

COMO PODEMOS AJUDAR

Produtos para prevenção e controle de Infecções:

HIG DRY 2X1- Limpa e desinfeta com alta eficiência e rapidez.

CLEANGEX OPP - Limpa e auxilia no controle da contaminação por bactérias, fungos e vírus em superfícies, equipamentos e utensílios em geral. 

CLEANGEX AP 17 - Ácido Peracético estabilizado de alta concentração.

CLEANGEX AG 10 - Álcool em Gel 70°.

CLEANGEX AL 15 - Álcool Líquido.

SMOKE TECH - Fumígeno de alta eficiência para desinfecção do ar ambiente, superfícies e equipamentos.